Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Black & gray

Porque a vida não é só "preto e branco". O cinzento também existe. E é a possibilidade de podermos optar pelo cinzento, em tantas situações, que torna a nossa vivencia tão rica.

Black & gray

Porque a vida não é só "preto e branco". O cinzento também existe. E é a possibilidade de podermos optar pelo cinzento, em tantas situações, que torna a nossa vivencia tão rica.

13.Set.18

De coração apertado

Sofia Black
A primeira vez que me lembro de ficar de coração apertado por me afastar do meu filho, foi quando aceitou ir com a avó de férias, para Vila Nova de Milfontes, quando tinha 4 anos. Lá ia ele, encantado da vida, enquanto nós, pais, o viamos desaparecer ao fim da rua, de lágrima no olho. Depois, mais tarde, voltei a sentir o mesmo quando o deixei pela primeira vez na pré-escola. E, novamente, fui eu a única a sofrer, a ficar triste e preocupada todo o dia. Ele, nem se depediu de (...)
08.Ago.18

Noites de verão

Sofia Black
Nunca gostei do verão, sobretudo dos dias de calor abrasadores em que não podia vir brincar para a rua com as minhas amigas, como habitualmente, e porque me lembra umas férias grandes em que a minha mãe (para entreter as filhas das amigas, na falta de ATL na época), decidiu criar um "workshop" de bordados que nos ocupava a tarde toda. Mas as noites de verão entusiasmavam-me. Esperava sempre por uma noite quente para, depois do jantar, poder juntar-me com as minhas amigas e vizinhas. Pert (...)
08.Ago.18

Flash do dia #23

Sofia Black
Esta é a minha cara quando te informam que o teu filho teve 17,2 no exame nacional de matemática, de acesso à universidade.Que alegria!Agora é esperar pelas listas de entrada na universidade.Vamos lá ver se temos engenheiro informático.
30.Jul.18

Flash do dia #22

Sofia Black
E não é que, ao fim de 18 anos e 4 meses, o meu filho conseguiu finalmente engolir um comprimido.Nunca o tinha feito, e não porque seja avesso a medicamentos mas, porque simplesmente não os conseguia engolir.Tão despachado na maioria das coisas e tão "menininho" noutras.Vamos ver se é para continuar (acho que dependerá do tamanho do comprimido em causa).
23.Jul.18

Um dossier com vida

Sofia Black
Terminaram as aulas e o meu filho terminou o 12º ano.Por ir agora começar uma nova etapa (com a entrada na faculdade, espero ) trouxe da escola um dossier com todo o seu processo educativo, desde que entrou na pré-primária até ao 12º ano.Deliciei-me a desfolhar aquelas páginas, enquanto ia relembrando episódios que marcaram estes 14 anos.Tantas histórias, anseios, conquistas e algumas desilusões. Tudo fez parte dum percurso que passou sem sobressaltos e sobretudo com uma maioria (...)
23.Jul.18

Flash do dia #21

Sofia Black
Depois de ter passado no exame de código, na passada segunda-feira, o meu filhote começa hoje as aulas de condução.Já teve ontem a praticar com o pai mas, por segurança, não saiam à rua entre as 13 e as 14h de hoje...Mais vale prevenir
25.Jun.18

Flash do dia #20

Sofia Black
Depois de ontem ter sofrido uma cabeçada do meu cão (sim, do meu cão labrador de 30kg) que por pouco não me abriu o sobrolho, aqui estou eu com um verdadeiro olho à belenenses. O inchaço disfarçou mas o hematoma alastrou pela pálpebra e, de tão roxo que está, parece mesmo que vim agora da maquilhadora, com direito a eyeliner e tudo. Ninguém acredita... Só comigo. Nunca mais jogo à bola com ele.
22.Jun.18

1 ano de blog

Sofia Black
Pois é, já lá vai 1 ano que tive coragem de tirar da gaveta o desejo secreto de ter um blog. Não escrevi tanto quanto poderia (por falta de tempo, por falta de assunto, por falta de imaginação) mas valeu a pena. Fazendo uma retrospectiva do que fui escrevendo por aqui, este blog passou dum espaço de opinião para um baú de recordações. É verdade que aqui e acolá partilho a minha opinião (sobretudo em temas com os quais não consigo ficar indiferente) mas maioritariamente, os (...)
13.Jun.18

Outra vez Alfama!

Sofia Black
Seis da manhã e lá recebia eu a mensagem da praxe do meu amigo: "Ganhámos! Tricampeões! E a história volta a repetir-se. Alfama ganha novamente as Marchas de Lisboa 2018. Não nasci em Alfama, nem tão pouco em Lisboa, mas sou fã das marchas e apoiante deste incrivel bairro pela amizade à familia Neves (familia de marchantes que vai já na 3ª geração). Ontem, a passo acelerado, corri contra o tempo, entre manjericos e sardinhas, calçadas e ruelas, para chegar a tempo de ver a (...)