Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Black & gray

Porque a vida não é só "preto e branco". O cinzento também existe. E é a possibilidade de podermos optar pelo cinzento, em tantas situações, que torna a nossa vivencia tão rica.

Black & gray

Porque a vida não é só "preto e branco". O cinzento também existe. E é a possibilidade de podermos optar pelo cinzento, em tantas situações, que torna a nossa vivencia tão rica.

20.Set.17

Tenho saudades...

Tenho saudades...

De acordar de madrugada, do pequeno almoço no aeroporto (em horas que a cidade ainda dorme), da azáfama dos turistas, dos lugares apertados no avião, do sobrevoar das nuvens, das indicações de segurança das hospedeiras, até da aterragem mais forçada...

Tenho saudades...

Dos campos verdes ou coloridos, dos canais, das florestas, das vacas, dos cavalos, dos moinhos, do céu nublado, da chuva miudinha, dos lagos...

Tenho saudades ...

Do frio, dos cachecóis e gorros, das montanhas salpicadas de neve, do gelo que me faz cair, das estancias de sky onde me perco a escorregar, dos trenós, do conforto de um chocolate quente enquanto neva lá fora, das montras enfeitadas, dos mercados de natal...

Tenho saudades...

Do calor em outras parages, da piscina, das palmeiras, do mar limpido e translucido, das águas mornas donde não quero sair, das bebidas no bar da piscina, do jacuzzi, das massagens, da medina, dos camelos.

Tenho saudades...

Das bretzels, do glühwein, da wiener schnitzel, da apfelstrudel, dos croissaints, da água de côco, da moqueca, do joelho de porco, do yorkshire pudding, do chá com leite, do risoto, das panquecas com chocolate ao pequeno almoço...

Tenho saudades...

Das igrejas, dos palácios com histórias de encantar, dos jardins do "Música no coração", dos museus, das bibliotecas, dos coffee shops, dos pubs, do render da guarda...

Tenho saudades...

Dos cheiros (das especiarias, do caril, da fruta tropical), do colorido das tulipas e estrelícias, das gentes...

Tenho saudades de descobrir, de conhecer, de experimentar, de inovar...

Tenho saudades de partir sem destino e não saber quando voltar.

Tenho saudades de viajar... Muitas!